Amai ao próximo como ama a si mesmo

Amai ao próximo como ama a si mesmo


Há muito tempo, certo homem veio ao mundo e nos deixou muitos ensinamentos, os maiores da história.

Um dos ensinamentos foi: “Amai ao próximo como ama a si mesmo”.

Agora, reflita…

O quanto você se ama? Ama o suficiente para transbordar o amor ao próximo?

Estamos na Era do Envelhecimento Precoce das Emoções e com ela, nossos sonhos são tirados de nós para darmos espaço à tecnologia.

Nos tornamos escravos dos aparelhos digitais.

Viramos pessoas de mentira nas redes sociais, nas quais não temos dores, frustrações e decepções.

Começamos a cultivar o que é supérfluo e ter relacionamentos rasos.

Estamos nos "desumanizando".

Antes de amarmos ao próximo, temos que nos amar primeiro, pois, como vamos ensinar algo que não sabemos?

A tecnologia que hoje está mais próxima de nós até mesmo do que nossos parentes e filhos, nos proporciona fugas, através das quais nós nos esquecemos de nós mesmos.

Vivemos fugindo de nós mesmos e com isso nos tornamos pessoas inertes, nos preocupamos tanto, estamos tão estressados, que nem sequer sonhamos mais e com isso acabamos fazendo tudo no automático.

Perdemos os momentos únicos de nossas vidas por não estarmos realmente presentes neles, apenas fisicamente.

Não conseguimos mais olhar pra aquilo que é realmente belo.

Temos pressa para resolver problemas, descartamos as respostas criativas que demandam tempo para serem construídas.

Falando em tempo, este parece que voa e quando nos damos conta, o dia passou e não fizemos nada.


Isso é urgente!

O resultado dessa vida frenética, rápida, estressante e que você nem ao menos se conhece, é o caos mental onde as doenças psicossomáticas atuam fortemente!

Por favor, não deixe isso continuar acontecendo em sua vida.

Lembre-se de seus sonhos de infância, a imaginação voava alto, não é mesmo?


Humanize-se

Tenha coragem de falar sobre seus dias mais tristes.

Tenha ousadia de contar sobre suas dificuldades no passado.

Se abdique de tarefas excessivas e doe ao próximo o que você tem de mais precioso, o seu tempo com qualidade.

E então, você começará a virar o jogo e estará apto ou apta a se desfazer do que é irrelevante para ganhar o que é essencial.

Busque sua essência, seja feliz primeiro, seja feliz consigo mesmo(a) e só assim você fará o próximo feliz.

Afinal, nos expressamos de acordo com o que estamos sentindo.

Como você quer se expressar pras pessoas que você mais ama?

Enfrente os fantasmas de sua mente, saiba gerir suas emoções e transforme sua vida.

Consequentemente, você estará transformando o mundo em sua volta.

O amor ao próximo nasce quando nos damos conta de nossa importância perante a sociedade, e para isso, precisamos nos amar primeiro.

Seja o protagonista de sua história.

Com as ferramentas da Gestão da emoção, você descobrirá como gerir a única empresa que não pode falir: a sua mente.

E assim, começará a escrever os capítulos mais nobres de sua história.

Pense nisso! Tenha uma ótima semana.