Saiba Como o Perdão Pode Ser a Chave da Mudança da Sua Vida

Saiba Como o Perdão Pode Ser a Chave da Mudança da Sua Vida

Todos nós, em algum momento da vida, já nos decepcionamos com as atitudes de outras pessoas. Certas experiências ruins podem deixar até mesmo um trauma e, consequentemente, uma ferida na alma. Mas é possível ressignificar todas as vivências passadas e trabalhar melhor as novas. A chave para mudança é o perdão.

Confira como transformar atitudes ruins em evolução!

O que é o perdão e para que ele serve?


O ato de perdoar consiste em quebrar a sensação de culpa. É encarar a mágoa de uma forma profunda para que você possa desculpar alguém ou a si mesmo.

Dessa forma, o perdão serve para ressignificarmos as experiências traumáticas e armazenarmos mais sentimentos bons.

A partir disso, é possível acessar mais a janela light (com conteúdos positivos) e deixar de lado a janela killer (feita de lembranças ruins e traumáticas).

Com o tempo, as atitudes de terceiros deixarão de acionar gatilhos mentais ruins. Você aprende a entender as ações e, então, a guardar somente o que será bom para a sua experiência.

O resultado é a possibilidade de viver de forma leve, mansa, em paz com os outros e, claro, consigo mesmo.

“O perdão não é um sinal de fraqueza, mas de grandeza emocional. Quando você perdoa, você alivia a emoção do peso das mágoas, dos rancores, dos complexos de inferioridade, dos sentimentos de culpa e de autopunição.” Augusto Cury.

Como praticar o perdão?


Pense: quantas pessoas já te decepcionaram? Quantas memórias negativas você adquiriu ao longo da sua vida? Procure fazer uma lista. Depois, considere quais visões e sentimentos estavam envolvidos nas atitudes do outro.

Por exemplo, por trás de um chefe ou de um pai autoritário, pode existir um ser humano inseguro e frágil. Dê luz às emoções e, o mais importante, livre-se da culpa. Pense que você fez o que era possível com o que sabia no momento.

Agora, com o aprendizado do perdão, é possível transformar os sentimentos que ficaram. Outro ponto muito importante é o ato de doar-se totalmente sem esperar nada em troca. Faça a sua parte, da melhor maneira possível.

Todos esses atos são suficientes para você entender e praticar o perdão. Não tenha dúvidas: a primeira pessoa a se beneficiar do perdão é aquele que perdoa e não aquele que é perdoado.

Gostou deste artigo? Aqui no blog da Academia Gestão da Emoção é possível encontrar outros conteúdos sobre autoconhecimentos e relacionamentos! Aproveite!