Depressão e Suicídio — Como Editar seus Traumas do Passado

Depressão e Suicídio — Como Editar seus Traumas do Passado

Olá, meu querido amigo e minha querida amiga.

Infelizmente, a depressão e o suicídio estão ligados de forma direta. Muitas pessoas que sofrem com a doença desejam tirar a própria a vida.

Nesses casos, a mente se torna a pior inimiga, trazendo sofrimentos e angústias. Porém, é possível reverter essa situação e voltar a ter prazer em viver. Leia este artigo para entender melhor!

Qual é a relação da mente com a depressão e o suicídio?

Existem momentos em que a nossa mente nos prega uma peça. Ela distorce a realidade a tal ponto que nos enxergamos de maneira errada.

Podemos acreditar que ninguém gosta de nós, por exemplo. Ou, ainda, que não temos capacidade de alcançar os nossos sonhos. Isso é muito cruel!

Esse aprisionamento da mente é o grande responsável pela depressão e suicídio. Por nos causar dor, ele pode nos levar a acreditar que fugir da vida é a única saída.

Porém, não é. Até porque, quem pensa em se suicidar, na verdade, não quer matar a vida, mas, sim, a própria dor. Então, é possível superar a angústia e recuperar a alegria de viver.

O que muitas pessoas desconhecem é que a mente não é um barco sem marujo. Cada pessoa tem o poder de controlar tudo o que pensa e sente, mesmo que agora pareça que não.

Quem sabe gerir a própria mente consegue ser autor da própria história e escrever os mais belos capítulos!

Qual é a importância de gerir a mente para evitar a depressão?

Muitas vezes, a depressão acontece por conta de um acúmulo de mágoas, ressentimentos, medos, traumas e inseguranças. Para evitar que essas memórias negativas dominem você, é possível fazer uma gestão mental.

Existem ferramentas para lidar com a mente que são capazes de neutralizar os pensamentos dolorosos e ressignificá-los. Dessa forma, mesmo que você seja exposto a algo que possa causar dor, não sofrerá tanto, pois estará no comando.

Percebe a diferença? Ao invés de deixar as mágoas dominarem, você pode conduzi-las para que não causem mal. Entre os métodos para isso estão o DCD (Duvidar, Criticar e Determinar).

Resumindo, funciona assim: você pode duvidar de cada pensamento perturbador, criticar de onde eles chegam e determinar que não se deixará abalar.

Caso você esteja sofrendo por alguma doença mental, como a própria depressão, saiba que sempre há uma solução.

Por causa disso é que criei o Primeiro Programa Social e Gratuito, chamado “Você é Insubstituível” — uma vacina emocional contra o suicídio. Clique aqui para fazer parte você também!

Leia este artigo sobre como superar os problemas da mente, já que isso não significa o fim da sua dignidade.