Medo de Morrer — Como Resignificar A Morte Em Suas Emoções

Medo de Morrer — Como Resignificar A Morte Em Suas Emoções

Olá, meu querido amigo e minha querida amiga.

Em tempos de pandemia, é normal que o medo de morrer esteja mais presente na vida das pessoas. Porém, esse sentimento não pode ser tão forte a ponto de sufocar e causar angústia.

Caso você esteja vivendo essa situação, é importante parar e tomar algumas medidas. Ou, então, deixará de passar belíssimos momentos por receio do que pode acontecer em seguida. Vamos conversar mais sobre isso?



Por que as pessoas têm medo de morrer?

Embora uma das únicas certezas da vida seja de que ela não é eterna, muitas pessoas sentem medo de morrer. Essa insegurança vem tanto do desejo de viver bastante quanto da angústia de deixar familiares e amigos.

Como o mundo está vivendo as incertezas da pandemia do novo coronavírus, mesmo quando nunca pensou a respeito, agora pode estar se imaginando se irá partir repentinamente. Isso já aconteceu com você?

Quais são as suas maiores angústias? Será que é o mesmo o medo de morrer ou o de não ter aproveitado a vida? Ou, ainda, está no fato de ninguém saber o que esse momento guarda?

Independentemente das razões que estejam por trás, uma coisa eu posso garantir: você não deveria se preocupar com o futuro. Além de não ter controle sobre o que poderá acontecer, você não pode viver em um tempo que não seja o presente. Caso faça isso, você estará desperdiçando uma oportunidade de ouro que é escrever as mais belas histórias.

O mesmo acontece com quem não se sente seguro para amar. Muitas vezes, as pessoas utilizam experiências passadas como parâmetro para o que poderá ocorrer. Porém, a história pode não se repetir. Até porque, você é o roteirista da sua vida. Então, se quiser amar ou viver medo de partir, você pode!



Podemos ressignificar a morte?

Sim, podemos resignificar o medo da morte e qualquer outro sentimento que nos faça mal. O fato de hoje você ter uma insegurança muito grande não quer dizer que sempre precisará ser assim.

Na Academia da Gestão da Emoção, eu abordo essa questão. A nossa mente tem a capacidade de transformar as janelas killer — ou seja, área que contém as experiências negativas e estão carregadas de estresse — em janelas light (positivas).

Existem diversas ferramentas que permitem essa mudança. Por exemplo: a técnica DCD ensina que todos podem duvidar dos medos que surgem, criticar o porquê eles aparecem — será que não é fruto da ansiedade? — e determinar superá-los.

Como eu disse, pensar muito no futuro, temendo o que irá acontecer é uma forma de anular o presente. Então, por que focar em algo que não sabemos se vai e quando acontecer, se podemos viver melhor cada dia?

Conheça os cursos da Academia da Gestão da Emoção e comece a transformar a sua vida agora mesmo!