Seja Luz — Como Ajudar Uma Pessoa Com Depressão

Seja Luz — Como Ajudar Uma Pessoa Com Depressão

Querido amigo ou querida amiga, você tem o cuidado de olhar ao seu redor e perceber como estão seus familiares e amigos realmente? Faz parte da nossa rotina perguntar para eles: “Oi, tudo bem?”. Mas nem sempre a resposta positiva coincide com as verdadeiras emoções — pode ser que um dos seus esteja passando por um quadro depressivo, por exemplo. Nesse caso, entender como ajudar uma pessoa com depressão pode fazer toda a diferença.

Além de auxiliar a desenhar o caminho da cura, você ainda pratica a empatia, um ponto essencial para a sua paz interior.


Como ajudar uma pessoa com depressão


Por mais que, atualmente, grande parte da nossa sociedade tenha acesso à informação, a depressão ainda é um estigma.

Há muitos equívocos, tabus e preconceitos sobre o tema. Por isso, o primeiro passo é estudar e entender o que realmente é um quadro depressivo.

Com a percepção do que é o mal que invade pensamentos, emoções e comportamentos, fica mais fácil dar os próximos passos para ajudar uma pessoa com depressão.

A caminhada é difícil. Mas é fundamental não desistir daqueles que ama. São nesses momentos de tristeza que a pessoa com depressão mais precisa do seu apoio.

Os próximos cuidados que deve adotar para auxiliar quem tanto precisa de você são os seguintes:


Observe


Além de perguntar como a pessoa ao seu lado está, procure observar a forma como ela age.

Queridos amigos, muitas vezes, a depressão está ligada às crises de ansiedade, ao olhar triste e cabisbaixo, ao estresse exacerbado, à baixa autoestima ou, ainda, às mudanças repentinas de humor.

Sobretudo, procure identificar se aquela pessoa nunca teve ou se, ultimamente, perdeu a vontade e o prazer de viver.


Ouça


Ao entrar no universo do outro, ouça com calma e de coração aberto. Deixe que os pensamentos e emoções tomem conta da fala e, assim, expressem as angústias, preocupações antecipadas e todo o sofrimento.

O mais importante: não ofereça soluções imediatas. Você já parou para pensar que, diversas vezes, ao ouvir um desabafo, temos a ação automática de indicar uma resolução rápida?

Só que a cura da depressão é um processo mais lento. Além disso, o que pode ser simples para você, para o outro pode parecer algo impossível.

Portanto, você precisa ter paciência e trabalhar também a sua mente para lidar com isso. Sabemos que pode ser um fardo difícil de ser carregado. Mas, juntos, e com muita dedicação, é possível alcançar mudanças positivas!


Não julgue


Em qualquer relação, os julgamentos são inimigos da sua paz e sabedoria. Afinal, os erros fazem parte da experiência humana. Todos os dias, cometemos equívocos e acertos.

Então, livre-se dos juízos de valor, ainda mais em casos depressivos. Não há como ajudar uma pessoa com depressão, se a sua intenção não for a de cuidado e acolhimento.

Esqueça frases como: “Você precisa ser forte”,“Dê a volta por cima”, “Isso é falta de Deus”, e tantas outras que só aumentam o abismo do outro. Coloque-se no lugar do próximo e pense se você gostaria de ouvir isso — provavelmente não, certo?

Mas fique tranquilo se alguma vez você já citou alguma dessas frases. Estamos todos em um processo constante de aprendizagem e é normal cometermos alguns deslizes.

O importante é ter força de vontade e estar disposto a mudar.


Auxilie na busca por ajuda profissional


Depois de escutar e acolher, é hora de ajudar a outra pessoa a encontrar apoio especializado. Uma psicoterapia sempre pode curar e ensinar o autoconhecimento. Além disso, os treinamentos de gestão das emoções também é uma ótima forma para conseguir o equilíbrio emocional de maneira duradoura.

Dependendo do caso, também pode ser que o seu amigo ou familiar necessite da atenção de um psiquiatra. Considere todas essas possibilidade e, dessa forma, saberá como ajudar uma pessoa com depressão. Contamos com você.

Gostou deste conteúdo? Confira mais sobre o assunto aqui no blog Gestão da Emoção!